<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
New call-to-action

Como organizar os vinhos na adega – o método perfeito para todo colecionador

Bem, você já deve ter passado por uma experiência parecida. Tudo começa com uma garrafa de vinho. Depois, você compra um rótulo diferente para experimentar. Logo depois, outro rótulo. O tempo vai passando e acabam presenteando você com mais e mais vinhos. E quando menos imagina, está com uma variedade de garrafas e logo percebe que precisa de uma adega em casa para guardar as suas novas paixões! 

Eu sei bem como é esse delicioso sentimento. E o primeiro passo eu já ensinei por aqui, mas repito: antes de comprar uma adega de qualquer tamanho, faça o cálculo certo do tamanho ideal de adega para você

Depois que você calcula quantas garrafas você tem – e se vai precisar de uma adega pequena ou grande –, vem mais um saboroso desafio nessa jornada: a organização das garrafas.

É extremamente importante saber como organizar os vinhos na adega para manter a ordem das garrafas, e claro, consumi-los na temperatura de serviço perfeita. 

Mas não se preocupe, porque separamos dicas incríveis para você organizar os vinhos na sua adega. Já separe sua taça de vinho e espero que este aprendizado agregue bastante!

Qual a melhor posição para as garrafas?

A primeira dica que damos para todo colecionador de vinho é guardar a garrafa deitada. Afinal, a bebida precisa estar sempre em contato com a cortiça da rolha para ficar úmida. Quando seca, a rolha permite a entrada de oxigênio, que muda o sabor, o aroma e a cor da bebida.

Agora imagina que trágico desperdiçar o gosto original de um rótulo especial por simplesmente ter guardado o vinho na posição errada... O coração dói só de pensar. 😱

Mas afinal, como organizar os vinhos na adega?

Para organizar a sua adega, vou apresentar duas dicas de uma colecionadora nata que farão com que os seus rótulos estejam no ponto certo na hora que você decidir consumi-los!

Se você não tem uma adega dual zone, a primeira dica que oferecemos é deixar os vinhos tintos (que tem temperatura de serviço mais alta) nas prateleiras de cima, enquanto os brancos e espumantes ficam abaixo.

É natural que a parte superior da adega refrigerada tenha temperaturas ligeiramente superiores, sempre dentro da faixa de temperatura configurada. Então, esse é um ótimo jeito de “aproveitar essa variação e deixar cada rótulo mais próximo da sua temperatura ideal de serviço, 

Mas, se você realmente quer dizer adeus aos baldes de gelo antes de servir o vinho, então o ideal é investir em uma adega dual zone. 

Outra forma de organização dos rótulos é dividi-los por regiões. Isso é comum especialmente entre rótulos de Novo Mundo e Velho Mundo. Por terem características bem diferentes, essa distribuição ajuda não só no assunto durante o compartilhamento da taça, mas também para adequar as expectativas. 

Download eBook

Se você quiser elevar ainda mais o nível de organização e disposição das garrafas, vale também registrar sua coleção em um livro, onde, além das informações do rótulo, você também pode colocar suas impressões sobre os vinhos que beber.

Imagina um diário exclusivo só para a apreciação dos vinhos? É definitivamente uma forma de explorar ainda mais essa paixão.

E para quem é ligado na tecnologia, fica aqui uma dica de aplicativo: o Vivino. Com mais de 50 milhões de enófilos registrados, o app automaticamente registra e organiza os vinhos escaneados e suas notas, para criar formas super criativas de você entender e mostrar para os amigos como suas experiências com os vinhos tem evoluído. 

O mais interessante do Vivino é sua comunidade, com mulheres e homens super apaixonados por vinhos e prontos para expandir suas experiências e conhecimentos em conjunto. 

Com essas simples dicas, sua adega fica mais organizada e sua experiência com cada rótulo pode ser melhor explorada. Porque o que realmente importa é ter momentos de prazer, degustando vinhos que você ama.

Escrito por Rafaela Vidigal

Rafaela Vidigal, formada em administração, integra desde 2007 a equipe da Art des Caves. Atualmente vem descobrindo os encantos do marketing. Adora cantar no carro ­(mesmo cantando muito mal), ama comer, beber bons vinhos e dar boas risadas. Acredita que toda garrafa vazia está cheia de boas histórias!

Comentários:
0