<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Linha Sommelier

6 dicas de ouro para quem ama uma boa coleção de garrafas de vinho (parte 1)

Você, com certeza, irá concordar comigo nisso: colecionar vinhos é um caminho sem volta. A coleção de garrafas de vinho começa com uma paixão pelos variados sabores das uvas e, quando você se dá conta, já tem diversas garrafas em casa e não consegue parar de garimpar e degustar os melhores rótulos. Eu com certeza já passei por isso, e para ajudar você na missão de ter os melhores vinhos na sua adega, separei 3 dicas dignas de um colecionador de vinhos profissional. Confira!

Antes de começar a ler o texto, que tal tirar suas dúvidas sobre rótulo de vinho? Baixe nosso eBook gratuito e vire um expert dos rótulos!

Organização e planejamento são essenciais! 

Antes de mais nada, é necessário ter consciência de qual é o seu perfil como colecionador. Isso vai te ajudar a decidir que tipo de abordagem você terá em relação sua coleção, seja por variedade de tipos de uva, por região, etc...  

Esse planejamento também permite que você crie um orçamento condizente com suas expectativas, além, é claro, que facilitar o entendimento sobre a melhor adega para armazenar os rótulos (tamanho, tecnologias e capacidade). 

Uma coleção de vinhos é como um jardim, que precisa de zelo constante, caso contrário, você corre o risco de perder o timing correto de algumas garrafas especiais. Mas, independente da forma que você organize sua coleção, não esqueça de se premiar com um rótulo especial de vez em quando. Compartilhe amor (e vinho) com as pessoas que você ama, essa é a melhor maneira de degustar vinhos. 

 

Não limite suas experiências 

Uma das melhores coisas de ter uma coleção de vinhos é poder saborear os seus rótulos favoritos. Por isso, é muito importante que sua adega tenha alguns dos vinhos que você mais ama. Mas, tome cuidado para que isso não limite suas experiências! 

Quando você compra apenas vinhos de um mesmo tipo ou região, você está ignorando dois importantes fatores que um enófilo precisa considerar: o primeiro é que as suas preferências vão evoluir conforme seu conhecimento e experiências com a bebida avançam. 

E o segundo, e mais importante ponto, é que os vinhos são bebidas que precisam ser exploradas. As diferentes regiões, formas de cultivo, colheita e produção, tempo de armazenamento, entre outros fatores, garantem aos rótulos características únicas. Portanto, se você não explorar essas diferenças, suas experiências serão muito menos profundas e significativas.

Encontre o equilíbrio 

Para finalizar essa primeira parte de dicas para colecionadores, eu quero falar sobre um erro que é relativamente comum, especialmente entre aqueles que estão começando sua coleção:a busca apenas por “vinhos troféus”, ou seja, aqueles vinhos super especiais, que normalmente ainda precisam envelhecer na adega.  

É essencial ter alguns deles na sua coleção, sem dúvidas, mas é preciso muito cuidado para não comprar apenas rótulos que amadurecerão em épocas próximas. Isso vai fazer com que você não tenha rótulos para ocasiões especiais não planejadas, além de fazer com que você tenha muitas garrafas para saborear em um curto período de tempo, no futuro.  

Download eBook

A dica aqui é encontrar um equilíbrio entre os diferentes tempos para evolução dos vinhos da sua coleção, com vinhos prontos para o consumo, alguns que precisam de um tempo de amadurecimento menor, entre 1 e 3 anos, e aqueles que serão guardados para grandes momentos no futuro (como casamentos, formaturas e outras datas especiais). 

Ficou com gostinho de quero mais? Não se preocupe rs! Em breve, voltaremos com mais dicas para a sua coleção de garrafas de vinho. Seja um assinante e fique de olho no blog da Art Des Caves! Além de oferecermos as melhores adegas, e incríveis inspirações, também damos dicas de como criar, cuidar e armazenar todos seus rótulos como um verdadeiro enófilo!

Escrito por Rafaela Vidigal

Rafaela Vidigal, formada em administração, integra desde 2007 a equipe da Art des Caves. Atualmente vem descobrindo os encantos do marketing. Adora cantar no carro ­(mesmo cantando muito mal), ama comer, beber bons vinhos e dar boas risadas. Acredita que toda garrafa vazia está cheia de boas histórias!

Comentários:
0