<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Linha Sommelier

Guia moderno: 6 dicas essenciais para sua coleção de vinhos

Se você é como eu, que aprecia vinhos finos há anos, ou simplesmente acabou de se aventurar nesse mundo maravilhoso, não há melhor momento para pensar em dar um passo a mais com sua coleção de vinhos

Independente de você ser um recém-colecionador com sua primeira garrafa de Pinot Noir, ou um enófilo bem estabelecido com centenas de garrafas de vinho, as dicas que eu considero essenciais serão as mesmas! Separei algumas dicas para ajudá-lo a iniciar sua coleção de vinhos digna de muito prazer e elogios. Confira:

Antes de iniciar uma coleção de vinhos, saiba o que você aprecia

Você provavelmente já provou bons vinhos com amigos e familiares, confiando em seu paladar para escolher quais você mais gostou. Agora que você está investindo numa coleção de vinhos, você precisa continuar explorando vinhos diferentes para descobrir seu gosto pessoal. Até porque, se você se deparar com um vinho raro em leilão, por exemplo, isso não significa necessariamente que você deve comprá-lo. Aproveite as vinícolas locais, as salas de degustação e os eventos sociais para abrir seu paladar antes de restringir suas preferências. Visitar vinícolas em suas viagens é outra maneira fantástica de ampliar seus horizontes.

Iniciando uma coleção

Uma adega bem montada deve ter uma boa mistura de vinhos para degustar e envelhecer, de pelo menos quatro ou cinco regiões diferentes, idealmente, e incluindo uma mistura de tinto, branco, rosé, espumante, doce ou fortificado; e com as proporções a ditar do seu gosto pessoal, claro. A chave para o armazenamento, acima de tudo, é a constância da temperatura.

Para começar uma adega razoável, pense alguns anos à frente. Vamos supor que você abrirá três garrafas por semana (155 por ano). Adicione mais 50 por opção/boa medida, levando a 200 garrafas por ano. Inicialmente, na compra de 200 garrafas, mais ou menos, já ofereceria uma boa variedade de vinhos e permite uma boa experimentação antes de se comprometer com um número maior de rótulos.

Decida qual vinho será o foco da sua coleção

Você não precisa fazer a compra imediatamente, mas deve ter uma ideia de qual vinho terá a honra de ser a peça central da sua coleção. Talvez seja de um ano particularmente memorável ou de uma região da qual você seja grande fã. Considere com cuidado, pois o vinho manterá um lugar de distinção por muito tempo.

Armazene no local apropriado

Você tem um local apropriado em sua casa que pode conservar sua coleção de vinhos ou precisará procurar armazenamento externo? A maioria das pessoas não tem um local apropriado, e definitivamente geladeira ou armário não é uma opção! Mas você pode investir em uma adega climatizada de qualidade, ou transformar um espaço na sua casa em uma adega particular através de um projeto de climatização, que é um serviço de instalação extremamente confiável para a conservação das garrafas. Em todos os casos, o local deve aderir às principais regras de armazenamento de vinho. Sem contar que o item será uma peça essencial para deixar o decór da sua casa ainda mais elegante e sofisticado, não é mesmo?

Aprenda sobre as diferenças no envelhecimento do vinho

Se você pretende deixar seu vinho envelhecer em armazenamento, escolha vinhos que envelhecem bem. Nem todos os vinhos melhoram com a idade – a maioria está pronta para ser consumido imediatamente ou alguns anos após a compra. Os vinhos premium ideais para o envelhecimento geralmente custam mais, ou são de uma região ou produtor conhecido por vinhos dessa natureza. Pesquise as informações confiáveis ​​para ter uma ideia de como os vinhos envelhecem antes de fazer grandes compras. 

Lembre-se que os vinhos estão lá para ser apreciados

Se você não se permitir abrir pelo menos algumas de suas garrafas a coleção, estará perdendo uma oportunidade. Claro que você pode preferir armazenar certas safras pelo valor do investimento, mas não se esqueça da felicidade genuína ao degustar uma taça de vinho nos momentos especiais. Aproveite o tempo com seus amigos enquanto compartilha o amor, boa experiências, e claro, o vinho.

Leia também:

4 perfis de colecionadores de vinhos e a melhor adega para cada um deles

Os maiores colecionadores de vinho do mundo

➡  5 rótulos para colecionadores de vinho iniciantes

Agora que você sabe como criar uma coleção de vinhos, sinta-se à vontade para mergulhar nas diversas ofertas que os países e regiões vinícolas trazem. Você pode colecionar vinhos como investimento, por diversão ou simplesmente para ter acesso imediato aos vinhos que tanto adora. Esteja você fazendo suas primeiras compras ou procurando expandir o que já tem, não se esqueça de escolher armazená-los de forma responsável para os bons cuidados e uma experiência enófila completa! 

Você já pratica alguma dessas dicas? Deixe nos comentários!

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber

Escrito por Rafaela Vidigal

Rafaela Vidigal, formada em administração, integra desde 2007 a equipe da Art des Caves. Atualmente vem descobrindo os encantos do marketing. Adora cantar no carro ­(mesmo cantando muito mal), ama comer, beber bons vinhos e dar boas risadas. Acredita que toda garrafa vazia está cheia de boas histórias!

Comentários:
0