<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
New call-to-action

Respondendo as principais dúvidas sobre adegas refrigeradas

Comprar uma adega refrigerada é muito mais do que simplesmente escolher um produto e comprá-lo sem muita pesquisa. O motivo é simples: a adega é protetora dos vinhos, é a guardiã das experiências incríveis com cada rótulo, é a provedora de momentos incríveis compartilhando taças com as pessoas que você mais ama. 

Mas, você não precisa se preocupar: neste artigo respondemos a algumas das principais dúvidas que todo amante de vinhos tem ao procurar a adega ideal para sua coleção. Confira: 

Eu devo comprar uma adega refrigerada?

O armazenamento do vinho é essencial não apenas para desfrutá-lo em uma temperatura atraente ao paladar, mas também para conservar o aroma, o sabor e a qualidade que a bebida tem a oferecer. Por isso, a dúvida sobre comprar ou não uma adega vai muito além de ter muitas garrafas de vinho, mas sim de como é a sua relação com a bebida (e, acredito, que ninguém gosta de degustá-la sem saber a real qualidade dela, certo?)

Vale lembrar que o Brasil é um país tropical, ou seja, quente e úmido, o que pode influenciar negativamente os rótulos mais sensíveis. 

Devo manter meus vinhos tintos na geladeira?

A resposta é não. A geladeira pode induzir você a pensar que é um lugar perfeito para o vinho tinto por ser fresquinho. Entretanto, o vinho tinto exige uma temperatura diferente da que a geladeira oferece, ele deve ser armazenado entre 14ºC e 17°C para que desenvolva todo o seu potencial.

A umidade relativa do ar é outro fator que distingue o armazenamento da geladeira e da adega. O vinho deve estar em um ambiente com umidade acima de 60%.

Até aqui, esses dois fatores podem levar ao ressecamento e à contração da rolha, que permite a entrada de oxigênio na garrafa e acelera o envelhecimento do vinho.

Além disso, existem também os fatores da iluminação da geladeira e o abre e fecha da porta, que faz com que a bebida vibre, o que altera as características físicas e químicas do vinho.

No entanto, se você abriu uma garrafa e não quer colocá-la na adega, você pode deixá-la guardada na vertical até três dias após a abertura. 

Eu guardo meus vinhos em um armário ou no balcão, tudo bem?

Como já falamos aqui, o armazenamento do vinho é essencial para uma boa degustação da bebida. Por isso, guardar em lugares como armários ou balcão não é o ideal. Isso porque esses ambientes dificilmente serão capazes de manter as características do ambiente essenciais para a bebida (como a temperatura de 14ºC a 17ºC ou a umidade acima de 60%) 

Mesmo em países no exterior, onde as temperaturas são mais baixas e estáveis, os  ambientes rústicos tem perdido espaço para as adegas refrigeradas por conta do controle minucioso do ambiente. 

Faz diferença se eu guardar a garrafa em pé?

Bom, depende. Se você comprou o vinho para aquela reunião com amigos e não vai guardá-lo por muito tempo, então tudo bem você armazená-lo na posição vertical. Sua única preocupação deve ser em relação a temperatura para serviço, para que o vinho seja aproveitado em toda sua complexidade e esplendor.  

Agora, se você pretende guardá-lo por alguns meses ou anos, é essencial que ele seja armazenado na horizontal. Essa é a única forma de garantir que a rolha mantenha-se sempre úmida e não se retraia - permitindo assim a entrada do oxigênio que vai acelerar o processo de envelhecimento da bebida. 

Quanto tempo vai durar o vinho?

Essa é uma pergunta difícil de se responder, porque algumas pessoas ainda acreditam que quanto mais velho o vinho, melhor ele fica. Mas, na realidade, existem muitas variáveis que precisam ser consideradas. 

Alguns dos fatores que influenciam na duração do vinho, são: o tipo da uva, a acidez, a qualidade da safra, as concentrações de açúcar e tanino, o teor alcoólico e o armazenamento.

Você precisa considerar também que a maioria dos rótulos são de consumo imediato. Logo, os vinhos tintos jovens, leves e simples, que não passaram por um processo de amadurecimento, podem durar até cinco anos a partir da safra. Por outro lado, os brancos e rosés duram até três anos no máximo. 

Só para relembrar: se aberto, o vinho dura três dias se você fizer o armazenamento correto. 

Como sei quando abrir uma garrafa?

A hora certa para abrir uma garrafa é a sua hora. Não existem muitas regras sobre qual o melhor momento para abrir um bom vinho, é claro que com exceção dos rótulos que exigem anos de armazenamento.. Conheça o seu gosto, o rótulo que você pretende degustar, em qual momento que você quer abrir a garrafa e não pense duas vezes em se deleitar com o néctar dos deuses!

Por que comprar uma Art Des Caves?

Até aqui, espero ter convencido você da importância de ter uma adega para os seus vinhos. Entretanto, acho que ainda não esclareci uma dúvida: qual marca de adega devo comprar? Fácil! Art Des Caves.

As adegas da Art Des Caves contam com o melhor da tecnologia para garantir proteção máxima para os rótulos, durabilidade sem igual e design exclusivo. Ah, e se você precisar de assistência técnica, você pode contar com um atendimento exclusivo - e o compromisso de um serviço rápido e eficaz.

Bom, espero ter esclarecido todas as suas dúvidas sobre adega refrigerada. Explore o nosso blog para saber mais curiosidades sobre o mundo dos vinhos!

New Call-to-action

Escrito por Rafaela Vidigal

Rafaela Vidigal, formada em administração, integra desde 2007 a equipe da Art des Caves. Atualmente vem descobrindo os encantos do marketing. Adora cantar no carro ­(mesmo cantando muito mal), ama comer, beber bons vinhos e dar boas risadas. Acredita que toda garrafa vazia está cheia de boas histórias!

Comentários:
0