<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Linha Sommelier

3 dicas para identificar o aroma dos vinhos

Os vinhos possuem centenas de componentes aromáticos já identificados em laboratório. Porém, sentir o aroma dos vinhos é uma experiência íntima, que varia de acordo com a memória olfativa de cada um. 

Os especialistas dividem os aromas em primários, aqueles que têm as características da própria uva, os secundários, os que lembram frutas frescas e maduras, flores, vegetais e minerais, da fermentação e vinificação, e os terciários, que remetem a tabacos, avelãs, baunilha e couro, dependendo do tipo da uva e do vinho. 

Ter habilidade para identificar a essência desta bebida proporciona uma degustação ainda mais rica e prazerosa. Separei algumas dicas que te ajudarão a desenvolver este talento.

Desenvolva sua memória olfativa

Desenvolva sua memória olfativa

A melhor forma de treinar o olfato e a memória ligada a ele é treinando Sinta o cheiro de tudo o que for possível. Frutas, ervas, especiarias e outros mais. Vá ao mercado e aproveite a riqueza de fragrâncias que os alimentos possuem. Quando estiver em um parque, na praia ou em outros lugares, sinta o cheiro que estes lugares possuem. É possível identificar o “cheiro de chuva”, “de mar”. Aproveite e tente perceber os ingredientes das refeições enquanto estas são preparadas. 

Conforme seu repertório for aumentando e a sensibilidade para estes aromas também, sua facilidade em identificar os aromas dos vinhos também crescerá.

Gire levemente a taça

Delicadeza é a palavra de ordem quando queremos identificar os aromas dos vinhos tintos ou brancos. Você deve girar levemente a taça para aerar a bebida. Do contrário, sentirá apenas o cheiro sobressalente do álcool. 

Mas, quando falamos de espumantes, esta técnica não deve ser utilizada, uma vez que ela extermina as bolhas, que são as responsáveis por liberar lentamente seu cheiro. Neste caso, o ideal é fechar por alguns segundos o topo da taça utilizando a mão. Esta técnica concentrará os aromas e permitirá que você os identifique.

Leia sobre vinhos

Ao ler resenhas sobre vinhos enquanto tenta relacionar os valores descritos com suas experiências e memórias, você consegue criar um repertório que te ajudará na escolha de garrafas desconhecidas da bebida. Desta forma, você conseguirá acertar mais quando for experimentar novos aromas e combinações.

Você gostou das nossas dicas para identificar o aroma dos vinhos? Quer ampliar sua experiência neste campo? Visite nossa loja!

Escrito por Bruno Hermenegildo

Bruno Hermenegildo é Sommelier International, formado pela FISAR (Federazione Italiana de Sommeliers), outorgado com o grau de Wine Master nas regiões do Piemonte e Toscana (Itália), graduado como Advanced pela Wine&Spirits (Londres) e também graduado em Gastronomia. Bruno é membro da Confraria dos Sommeliers de São Paulo, a mais concorrida confraria profissional do Brasil.

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber
Comentários:
0