<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Conheça a Gewürztraminer, a aromática uva alemã

Para quem está acostumado com as tradicionais uvas Cabernet Sauvignon, Pinot Noir e Chardonnay, entre outras variedades, pode se assustar com o nome Gewürztraminer. Repleta de consoantes e com uma pronúncia que parece difícil à primeira vista (pronuncia-se “gaverztramener”), Gewürztraminer significa “uva apimentada do Tramin”, cidade do norte da Itália que fala alemão.

O nome desta uva já sugere que sua nacionalidade alemã. No entanto, especula-se que a origem desta variedade seja a Itália, ou mesmo a Alsácia, região da França que faz divisa com a Alemanha.

Venha saber um pouco mais sobre esta uva, conhecida também como Traminer!

Características da Gewürztraminer

 Características da Gewürztraminer

Esta variedade de uva possui uma pele mais grossa e rosada, com sabor de perfil mais picante e um aroma perfumado, bem característico e marcante. Pétala de rosa e lichia são os aromas mais associados à Gewürztraminer, além de damasco, gengibre, abacaxi e canela. Por isso, o prefixo Gewürz, que em alemão significa “tempero”; uma referência às qualidades de paladar e perfume desta cepa.

Por ser uma variedade mais sensível e por amadurecer rapidamente, dá-se preferência em cultivar esta uva em locais com temperaturas mais amenas. Quando há excesso de calor no vinhedo, produz-se um vinho flácido, ou seja, com pouco aroma e sabor. Porém, também é preciso um certo cuidado para não tornar a bebida excessivamente aromática no momento da vinificação.

Há vinhedos de Gewürztraminer em diversos países, como França (a região da Alsácia é a que mais cultiva a variedade no mundo), Itália, Alemanha, Estados Unidos, Chile, Austrália, Nova Zelândia, Brasil e África do Sul, entre outros.

Como são os vinhos

Como são os vinhos

Os vinhos produzidos com esta uva são considerados os mais aromáticos do mundo. Mesmo o fruto sendo rosado, com esta variedade produz-se vinhos brancos doces e secos, sendo estes mais densos e encorpados. Seu buquê aromático inclui frutas tropicais, flores perfumadas e especiarias. Quando o vinho produzido com Gewürztraminer é de baixa qualidade, estes não são sentidos.

As bebidas de versão doce são produzidas a partir de colheita tardia, ou mesmo de uvas congeladas nos vinhedos. Mesmo com baixo nível de açúcar residual, os secos trazem uma sensação de doçura ao paladar, além dos aromas marcantes e envolventes.

Degustação e harmonização

Degustação e harmonizaçãoA melhor maneira de degustar um vinho produzido com a Gewürztraminer é gelada, com temperatura em aproximadamente 9º C. Pratos mais condimentados e aromáticos, de sabores marcantes, harmonizam muito bem com os vinhos, como frango ao curry, comida típica da cozinha indiana. Os vinhos mais adocicados são ótimas opções para acompanhar sobremesas a base de frutas.

Você já conhecia a Gewürztraminer? Já havia provado vinhos produzidos com esta variedade? Se ainda não provou nenhum, ficou com vontade de experimentar? Conte-nos sobre sua experiência, queremos te ouvir!

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber

Escrito por Bruno Hermenegildo

Bruno Hermenegildo é Sommelier International, formado pela FISAR (Federazione Italiana de Sommeliers), outorgado com o grau de Wine Master nas regiões do Piemonte e Toscana (Itália), graduado como Advanced pela Wine&Spirits (Londres) e também graduado em Gastronomia. Bruno é membro da Confraria dos Sommeliers de São Paulo, a mais concorrida confraria profissional do Brasil.

Comentários:
0