<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
Linha Sommelier

6 dicas de como conservar vinho com as adegas da Art des Caves

Quem não gosta de apreciar um bom vinho, não é mesmo? Ele é perfeito para celebrar boas notícias, para compartilhar com os amigos, para degustar em aperitivos, para jantares ou até mesmo para dar uma relaxada, sozinha. 

Mas, posso te contar um segredo? Se você não armazena seus vinhos em uma adega climatizada, você não está aproveitando verdadeiramente a bebida. Para que absolutamente nada atrapalhe essas ocasiões, vou compartilhar aqui com você 7 dicas preciosas de como conservar vinhos.

Depois dessa leitura, quando você colocar em prática nossas recomendações, garanto que você não passará mais pela experiência de abrir um belo rótulo e, no primeiro gole, perceber que a bebida não está representada em todas as suas virtudes. 

Afinal, ter uma boa adega é a forma mais segura de garantir que cada vinho compartilhado possa ser desfrutado da maneira mais saborosa e impecável possível.  

#1 Vinho na geladeira? Não, obrigado!

#1 Vinho na geladeira_ Não, obrigado!

O calor é o Vilão do Vinho mais conhecido entre amantes da bebida (mesmo não sendo o único), pois ele compromete irreparavelmente o sabor da bebida. Para tentar combatê-lo, muitos optam por colocar seus rótulos na geladeira. No entanto, isso não é recomendado

A geladeira está longe de ser o lugar adequado para os vinhos. Na verdade, o ambiente da geladeira pode, inclusive, danificar a bebida. Isso porque as temperaturas dentro do refrigerador estão frequentemente sujeitas a grandes flutuações – o que é péssimo para os rótulos. 

Para piorar, a umidade média das geladeiras é considerada bem seca para vinhos, assim como a iluminação constante ao abrir das portas e ainda a vibração do eletrodoméstico criam um ambiente praticamente hostil para os rótulos - especialmente aos mais sensíveis. E ninguém quer isso para sua coleção, certo?

Por fim, mas não menos importante, você já observou a variedade de alimentos que estão na sua geladeira? Aposto que há molhos, comidas, frutas, temperos… Todos esses aromas (e muitos outros) também podem impactar na degustação da bebida. Por isso, nada de geladeira para conservar vinho, viu?!

Caso queira mais informações sobre o que faz das geladeiras e freezers uma má opção para seus rótulos, leia mais no post “Porque guardar o vinho na geladeira não é uma boa ideia”.

Enfatizo: a única alternativa para quem quer realmente degustar o melhor de cada taça é investir em uma adega climatizada.

#2 Mantenha seus rótulos longe dos vilões dos vinhos

#2 Mantenha seus rótulos longe dos vilões dos vinhos

Como eu comentei, além da Temperatura, existem outros Vilões do Vinho, como a Umidade, a Iluminação e a Vibração, que prejudicam a bebida.  Por isso, vamos nos aprofundar um pouco mais em como e porque esses “fatores” são Vilões e como você pode evitá-los. 

O principal e mais óbvio Vilão é a temperatura de um ambiente no qual o vinho está armazenado. Um calor excessivo, ou até mesmo uma variação constante de temperatura aceleram muito o envelhecimento do vinho. 

Para evitar essa ação precoce, é preciso manter a temperatura constante próxima dos valores de 14ºC a 17ºC.

A vibração, outra inimiga da bebida, também deve ser terminantemente evitada. Esse Vilão impede a sedimentação do vinho no fundo da garrafa e torna-os mais adocicados e menos aromáticos. 

Para “derrotar” esse vilão, o ambiente não pode exercer uma vibração constante (como as geladeiras e freezers) – e isso conta também com o constante abrir e fechar de portas, viu? 

A iluminação é o terceiro Vilão dos Vinhos e são dois os principais impactos que ela tem sobre a bebida. O primeiro é de forma direta: segundo estudos da Universidade de Mainz na Alemanha, até mesmo a cor da luz pode impactar no sabor dos vinhos, valorizando seu caráter furtivo. A segunda maneira que a luz atua nos rótulos é por meio dos raios ultravioletas que aumentam a temperatura do vinho (e de todo o ambiente).    

Para evitar a ação da luz e ao mesmo tempo permitir que seus vinhos possam ser apreciados em um ambiente claro e sofisticado, busque por adegas climatizadas com proteção extra em seus vidros. 

A umidade é o último dos Vilões do vinho. Quando há pouca umidade no ambiente, a rolha pode ressacar e permitir a oxidação do vinho. Já quando há umidade demais, os rótulos podem ser estragados ou até mesmo fungos podem ser criados na garrafa. 

Nos dois casos, o descontrole da umidade vai prejudicar a sua experiência. Por isso, o ambiente precisa estar com a umidade girando em torno de 60% e 75% e muito bem controlada.   

Percebeu como um único deslize no combate aos Vilões do Vinho pode deixar sua experiência com a bebida menos especial? 

#3 Aposte nas adegas para ter o vinho perfeito sempre à mão

#3 Aposte nas adegas para ter o vinho perfeito sempre à mão

A Adega Climatizada é a melhor opção para quem quer derrotar os Vilões dos vinhos e garantir a melhor experiência com seus rótulos! Ponto. 

Para protegê-los contra as ações do calor e da umidade, a adega climatizada oferece um controle refinado sobre o ambiente de armazenamento, que garante temperaturas pouco oscilantes (entre 14ºC a 17ºC) e umidade média de 70% – independente das condições  externas! 

Na Art des Caves, o Compressor Full Motion ainda garante economia de 30% nos gastos energéticos, além de possui rum Sistema Antivibração que impede a ação da vibração sobre os vinhos.

Ah, e lembra que a iluminação também pode ser prejudicial? Na Art des Caves, trabalhamos com o Vidro Low-e - uma tecnologia que utiliza vidros duplos, com a inserção de gás argônio entre as duas faces para impedir as ações dos raios UV.

Ah, sem contar que utilizamos luzes de LED para permitir que os rótulos armazenados sejam sempre vistos – para a experiência visual completa, e sem impactar na sua degustação. 

Agora ficou fácil armazenar os seus vinhos, não é mesmo? Mas, se quiser se aprofundar ainda mais nos cuidados de conservação dos vinho, eu recomendo essas 7 dicas que com certeza deixarão seus vinhos extremamente deliciosos. 

#4 Aproveite todos os vinhos, mesmo os já abertos

#4 Aproveite todos os vinhos, mesmo os já abertos

Abriu uma garrafa, mas não conseguiu terminá-la? Temos algumas dicas para você armazená-la mesmo depois de aberta. Seguindo certas práticas e cuidados é possível garantir a qualidade da bebida por mais tempo.

Abra os vinhos que possuem tampas de roscas, pois ao fechá-la novamente, a tampa ajudará a impedir o contato constante do vinho com o oxigênio. Na hora do armazenamento, opte por temperaturas mais baixas para garantir a manutenção de parte do sabor e do aroma da bebida.

Uma dica interessante é a utilização das rolhas à vácuo. Elas são indicadas para fechar garrafas que não foram totalmente consumidas, além de servirem também para remover o volume máximo de oxigênio. 

#5 Diferentes temperaturas em única adega

#5 Diferentes temperaturas em única adega

Você tem uma coleção variada de vinhos? Então, que tal dispor de uma adega que possui diferentes temperaturas de armazenamento? 

Os modelos de Adegas Dual Zone da Art des Caves, por exemplo, podem oferecer essa (e muitas outras) features. Os nossos modelos Sommelier 150 e Sophistiqué Dual possibilitam que você armazene rótulos em dois compartimentos independentes que possuem seu próprio controle de temperatura, para que os seus diferentes tipos de vinho possam ser guardados já na temperatura ideal de serviço.  

E, para quem quer ir além, ainda oferecemos as modelos Sommelier 140 e Sommelier 230 que possuem três compartimentos independentes de armazenamento de vinhos. Dessa forma, você pode dizer adeus aos baldes de gelo antes de servir seus rótulos favoritos. Incrível, não é mesmo?    

A Art des Caves possui as melhores adegas do mercado, para atender as expectativas dos enófilos mais exigentes. Para conhecer todas as opções de adegas, clique aqui!

#6 Escolha o modelo conforme a sua necessidade

#6 Escolha o modelo conforme a sua necessidade

Interessou-se e quer comprar a sua primeira adega? Então, comece analisando suas necessidades e condições de espaço, assim você saberá qual o modelo ideal para a sua casa.

Primeiro, determine o espaço e tenha em mente o local em que a adega será instalada. É importante medir altura, largura e profundidade, pois tudo isso evitará problemas futuros. Também leve em consideração a quantidade de consumo de vinho, na hora de pensar na capacidade da adega. De nada adianta comprar uma adega pequena, quando seu consumo mensal é alto. 

Por fim, avalie também a sua preferência de vinhos. Caso a ideia seja montar uma coleção com rótulos variados, com vinhos brancos, rosés e tintos, o ideal é que a adega possa oferecer temperaturas de armazenamento diferentes para cada compartimento. 

A Art des Caves oferece as melhores adegas do mercado e seus modelos foram desenvolvidos com o objetivo de atender a todos os públicos, dos iniciantes no mundo dos vinhos aos enófilos mais exigentes

Para quem possui uma coleção pequena de vinhos, nossas adegas Sommelier 40, Sophistiqué 40 e Petit 38 oferecem o melhor de tecnologia em um espaço compacto e prático. 

Para colecionadores que possuem uma grande coleção, nossas adegas Basique 200, Sophistiqué 200 e Sommelier 200 são a melhor opção. 

Já para aqueles que consideram “diversidade” uma palavra-chave, os nossos modelos com até 3 temperaturas de armazenamento, como a Sophistiqué Dual, Sommelier 150 e Sommelier 140 oferecem muito mais facilidade e experiências ainda mais incríveis na degustação das bebidas. 

E claro, para quem busca O MELHOR DO MELHOR, a Sommelier 230 oferece o que há de mais moderno e sofisticado no mercado de adegas do Brasil. 

O mais importante é entender que tipo de colecionador é você, para avaliar qual modelo de adega é ideal para o seu estilo.    

DICA EXTRA: Baixe o eBook e acerte na escolha

eBook: Aprenda a escolher o vinho para cada situação

 

Para poder te auxiliar na  escolha da adega melhor adega a Art des Caves criou uma Tabela Comparativa. Clique na imagem abaixo para escolher a adega perfeita para você! 

Ah, e se mesmo depois dessas dicas, você ainda ficar com quaisquer dúvidas, deixe aqui nos comentários que ficaremos felizes em ajudar.

 

Escrito por Rafaela Vidigal

Rafaela Vidigal, formada em administração, integra desde 2007 a equipe da Art des Caves. Atualmente vem descobrindo os encantos do marketing. Adora cantar no carro ­(mesmo cantando muito mal), ama comer, beber bons vinhos e dar boas risadas. Acredita que toda garrafa vazia está cheia de boas histórias!

Comentários:
0