<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

O que é o sistema de pontos Robert Parker?

Você, apreciador de um bom vinho, já deve ter ouvido falar do sistema de pontos de Robert Parker, não? Sabe o que ele significa e qual a sua importância?

Referência mundial na crítica de vinhos, Parker, que é advogado de formação, criou uma espécie de guia próprio (The Wine Advocate) com uma escala de qualidade da bebida de Baco que varia de 50 a 100.

Segundo o próprio Robert Parker, sua metodologia foi concebida em resposta aos tradicionais sistemas de avaliação adotados na Europa (geralmente dentro de uma escala de 0 a 20), que “não oferecem flexibilidade suficiente e, muitas vezes, resultam na avaliação de um vinho de modo mais comprimido ou inflado”.

Como funciona a metodologia de Robert Parker

O interesse de Parker, que é norte-americano, por vinhos começou no fim da década de 1960, quando ainda era estudante de Direito e viajou para a França. Ficou encantado ao descobrir que o vinho naquele país era mais barato que uma xícara de café ou uma garrafa de refrigerante. E, de lá para cá, não parou mais com suas degustações ao redor do mundo.

No fim da década de 1970, já de volta aos Estados Unidos, Parker notou que não havia por lá uma classificação que orientasse o consumidor na hora da compra do vinho.

Decidiu, então, adotar para a bebida a mesma escala de avaliações utilizadas por colégios e universidades norte-americanas. Foi então que nasceu o guia, hoje referência no mercado mundial.

Para entender um pouco mais da escala e de como ela é feita, o próprio Parker explica sua metodologia:

  • 50-59

Um vinho considerado inaceitável.

  • 60-69

Um vinho abaixo da média com deficiências visíveis, tais como a acidez excessiva e/ou tanino, uma ausência de sabor, ou, eventualmente, aromas ou sabores indesejados.

  • 70-79

Um vinho médio, com pouca variação, correto. Em essência, um vinho simples e inócuo.

  • 80-89

Um vinho médio ou um pouco acima da média. Vinho muito bom exibindo vários graus de requinte e sabor, bem como um caráter correto, sem falhas visíveis.

  • 90-95

Um vinho de excepcional complexidade e caráter. Em suma, são vinhos excelentes.

  • 96-100

Um vinho extraordinário de caráter profundo e complexo, apresentando todos os atributos esperados de um vinho clássico de sua variedade. Os vinhos deste calibre merecem um esforço especial para se encontrar, comprar e consumir.

Você gosta de ler curiosidades como essa que trouxemos hoje? Comente abaixo sobre o que mais você gostaria de ler por aqui.

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber

Escrito por Rafaela Vidigal

Rafaela Vidigal, formada em administração, integra desde 2007 a equipe da Art des Caves. Atualmente vem descobrindo os encantos do marketing. Adora cantar no carro ­(mesmo cantando muito mal), ama comer, beber bons vinhos e dar boas risadas. Acredita que toda garrafa vazia está cheia de boas histórias!

Comentários:
0