<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Saiba quais são as regiões que mais produzem vinho no mundo

Saiba quais são as regiões que mais produzem vinho no mundo

Os brasileiros têm consumido mais vinho. Segundo o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), houve um aumento de 4,6% no primeiro semestre deste ano em comparação ao mesmo período de 2014. No mercado nacional há uma variedade de bebidas provenientes de diversas partes do mundo.

Há países de tradição secular no cultivo de uvas e fabricação de vinhos que dominam o mercado, como França, Itália e Espanha. Juntos, eles respondem por quase metade da fabricação mundial da bebida.

Saiba quais são os maiores países produtores de vinho do mundo:

França

FrançaA França está na liderança como a maior produtora de vinhos do mundo. Bordeaux, Champagne e Borgonha são suas regiões produtoras mais importantes. A primeira produz os melhores vinhos finos do mundo. Na segunda é produzido o espumante que leva seu nome e tem como maior produtor o grupo Möet et Chandon. A terceira cultiva principalmente Pinot Noir e a Chardonnay.

Itália

ITÁLIAAlém de segundo maior país produtor, a Itália ocupa também a segunda posição do maior consumidor de vinho. Duas regiões se destacam na produção local de vinhos: Piemonte, com destaque para o Barolo, produzido com uvas Nebbiolo; e Toscana, cuja uva típica é a Sangiovese, com a qual se produz o Chianti e o Brunello, entre outros vinhos.

Espanha

ESPANHAA Espanha ocupa a 3ª posição no ranking e tem o maior número de hectares cultivados com vinhedos no mundo. A principal variedade de uva do país é a Tempranillo, cultivada nas regiões de Rioja, Ribera del Duero e Penedez.

Estados Unidos

ESTADOS UNIDOSA Califórnia produz cerca de 90% dos vinhos dos Estados Unidos. O cultivo dos mais diferentes tipos de uvas – com destaque para Cabernet Sauvignon e a Chardonnay - é favorecido pelas condições climáticas e o solo do local. A região produziu, inclusive, os primeiros vinhos orgânicos do mundo.

Argentina

ARGENTINAO vinho argentino tem conquistado o mercado internacional. Com isso, a produção da bebida tem crescido cerca de 8% a cada ano. Em torno de 80% da produção vem de Mendoza, localizada à beira da Cordilheira dos Andes. Entre as diversas variedades cultivadas, o destaque fica para a Malbec e a Chardonnay.

Austrália

AUSTRÁLIAA prioridade dos australianos é a exportação, com grande aceitação no mercado asiático. Mais de 60 regiões produzem mais 100 cepas de uvas em aproximadamente 2.500 vinícolas. A variedade Shiraz é a uva de destaque do País.

Alemanha

ALEMANHAOs principais mercados dos vinhos alemães são os Estados Unidos e o Reino Unido. O destaque fica para os vinhos brancos, de reputação internacional. As variedades mais cultivadas são as Riesling e Müller-Thurgau.

África do Sul

ÁFRICA DO SULÉ o produtor mais importante de vinhos do continente africano. Com tradição na produção de vinhos brancos, o país tem aumentado sua produção de tintos. Destaque para as uvas Chenin Blanc, Colombard e Cabernet Sauvignon, Shiraz e Pinotage, variedade resultante do cruzamento sul-africano entre Pinot Noir e Cinsault.

Chile

CHILEAs primeiras mudas de uvas chegaram ao país no século 15, junto com os colonizadores espanhóis. Entretanto, os investimentos na modernização de suas regiões vinícolas aconteceram somente nos anos 1990. Destaque para as uvas Carménère, Cabernet Sauvignon e Chardonnay. O vinho chileno vem conquistando o mundo, especialmente o mercado brasileiro.

Portugal

PORTUGALUm dos vinhos mais famosos de Portugal é o do Porto, um vinho fortificado, cuja principal característica é a adição de uma bebida destilada - geralmente conhaque. Os vinhos portugueses são repletos de personalidade, uma vez que o país possui cerca de 285 variedades autóctones, ou seja, uvas provenientes do próprio local. Alentejo e Douro são as regiões que produzem os melhores vinhos de Portugal. Touriga Nacional, Baga, Alvarinho e Moscatel são as uvas mais importantes do país.

Gostou das nossas dicas? Compartilhe esse post nas suas redes sociais! Se você quiser ver outras notícias sobre este assunto, acompanhe nosso blog!

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber

Escrito por Bruno Hermenegildo

Bruno Hermenegildo é Sommelier International, formado pela FISAR (Federazione Italiana de Sommeliers), outorgado com o grau de Wine Master nas regiões do Piemonte e Toscana (Itália), graduado como Advanced pela Wine&Spirits (Londres) e também graduado em Gastronomia. Bruno é membro da Confraria dos Sommeliers de São Paulo, a mais concorrida confraria profissional do Brasil.

Comentários:
0