<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Conheça a história do Château de Goulaine e a sua vinícola

Entre conflitos, acordos de paz, “descobertas” e exploração de países, decadências de civilizações, fim da escravidão, começo da sociedade moderna, erros e acertos da humanidade, o vinho estava lá.

As vinícolas são as provas de que o vinho esteve presente na história do mundo. Um exemplo é a vinícola do Château de Goulaine, que tem quase mil anos e ainda está em atividade.

A família Goulaine

A FAMÍLIA GOULAINE

Gabriel de Goulaine, lutou durante os conflitos religiosos entre católicos e protestantes (1562-1598), e foi recompensado pelo 1º rei da Casa de Bourbon, Henrique IV, com um título de nobreza.

Descendente de uma família nobre da Bretanha, que possuía propriedade próxima à Nantes. Ele se tornou o 1º Marquês de Goulaine.

Se estima, que mesmo antes da construção do Château de Goulaine, que viria a ser construído no século XVII, a família Goulaine já produzia vinho. Aliás, o próprio Henrique IV, construiu o Château na propriedade Goulaine.

A vinícola que faz parte da propriedade, até hoje possui vinhedos próprios onde são plantadas uvas para Muscadet, Chardonnay, Folle Blanche, Chinon e Crémant do Loire, Sancerre e Vouvray.

Como a propriedade ainda é mantida?

COMO A PROPRIEDADE AINDA É MANTIDA?

Com o tempo a história da família Goulaine parecia ser apagada, mas em 1957, Robert De Goulaine, comprou o Château da família que estava na responsabilidade do seu tio, e decidiu cuidar da propriedade e reviver os tempos de glória.

Além de reformar o edifício principal, restaurou o jardim, e criou um museu e um viveiro de borboletas exóticas (fechado em 2016). Robert fez novos desenhos de rótulos para vinhos antigos, utilizando o brasão dos Goulaine e borboletas – sua verdadeira paixão.

Ele também relacionou a literatura com os vinhos, publicando "O livro dos vinhos raros ou desaparecidos", que descreve a história de vários rótulos clássicos. Robert cuidou com toda atenção da propriedade, até o seu falecimento em 2010.

Atualmente, o Château de Goulaine é considerado Patrimônio Histórico Francês. A propriedade se tornou um hotel, onde você pode se hospedar, conhecer a vinícola, apreciar os vinhos Goulaine, e conhecer mais a história da família Goulaine. Acesse o site oficial do Château de Goulaine, e que tal conhecer pessoalmente a propriedade?

Agora conte para nós, qual a história mais antiga que você conhece sobre vinhos?

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber

Escrito por Bruno Hermenegildo

Bruno Hermenegildo é Sommelier International, formado pela FISAR (Federazione Italiana de Sommeliers), outorgado com o grau de Wine Master nas regiões do Piemonte e Toscana (Itália), graduado como Advanced pela Wine&Spirits (Londres) e também graduado em Gastronomia. Bruno é membro da Confraria dos Sommeliers de São Paulo, a mais concorrida confraria profissional do Brasil.

Comentários:
0