<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Top of Mind no Brasil em Adegas e Climatização

Saiba se os diabéticos podem ou não tomar vinho

Publicado por Bruno Hermenegildo em 26/abr/2016 10:32:00

SAIBA SE OS DIABÉTICOS PODEM OU NÃO TOMAR VINHO

Quem é diabético tem o cuidado constante em saber se pode consumir ou não determinadas comidas e guloseimas. Com relação às bebidas existe a mesma preocupação, especialmente às alcoólicas. Portanto, com o vinho não é diferente. Afinal, será que os diabéticos podem beber vinho? Se puderem, qual tipo é o mais apropriado para eles? Veja as respostas para estas e outras dúvidas relacionadas ao consumo da bebida. No entanto, é importante seguir a recomendação do médico que faz seu acompanhamento mensal, ok?

A bebida mais favorável para o diabético

A BEBIDA MAIS FAVORÁVEL PARA O DIABÉTICO

Dentre todas as bebidas alcoólicas, a mais favorável para o consumo dos diabéticos é o vinho, caso não haja restrição médica. Porém, mesmo que o médico libere o consumo, é importante beber somente a quantia recomendada pelo profissional.

Vinho tinto seco, o mais recomendado

VINHO TINTO SECO, O MAIS RECOMENDADODentre todos os vinhos, o tinto seco é o mais recomendado para os diabéticos por conter uma quantia mínima de açúcar. Na sequência estão os demi-secs, os suaves e os brancos, que são mais doces que os tintos.

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Bem-Urion, de Israel, revelou que consumir vinho tinto diariamente e moderadamente traz benefícios a quem tem diabetes do tipo 2. Durante dois anos, um grupo de voluntários diabéticos do tipo 2 consumiu vinho tinto todos os dias e seguiu a dieta alimentar do Mediterrâneo, com restrição de calorias.

Neste período, os mesmos passaram por avaliações periódicas. Ao final do estudo, os resultados revelaram que o nível de colesterol bom aumentou e o de colesterol mau manteve-se estável. Além disso, houve uma melhoria na qualidade do sono e redução nos componentes de síndromes metabólicas, que são um conjunto de doenças (obesidade, glicemia, alterações de colesterol, triglicérides e pressão alta) que associadas aumentam o risco de problemas do coração.

Recomendações para diabéticos

RECOMENDAÇÕES PARA DIABÉTICOSConforme vimos acima, na maioria dos casos, ter diabetes não é impedimento para beber vinho. Contudo, é importante seguir recomendações. Veja algumas!

  • Beba apenas se tiver liberação médica e se a diabetes estiver controlada;
  • Não beber se estiver fazendo uso de antidiabéticos ou insulina;
  • Nunca beba de estômago vazio. Faça-o junto com a refeição ou após a mesma;
  • Ao beber, esteja sempre acompanhado e que a pessoa saiba sobre a diabetes. Se acontecer um imprevisto - hiperglicemia ou hipoglicemia - ela poderá prestar o auxílio adequado;
  • Caso beba à noite, antes de dormir verifique a quantia de glicose no sangue e faça um lanche;
  • Se beber regularmente, monitore os níveis de triglicérides.

Os benefícios do resveratrol

OS BENEFÍCIOS DO RESVERATROLEncontrado especialmente nas uvas roxas e, portanto, no vinho tinto, o resveratrol é um polifenol com potente ação antioxidante. Além de barrar os efeitos dos radicais livres no organismo, esta substância propicia outros benefícios, como a melhoria da saúde cardíaca, a queima de gorduras e o rejuvenescimento celular.

Também é aliada na prevenção e no tratamento de alguns tipos de câncer. Segundo pesquisas, o resveratrol também é um importante aliado no tratamento contra o diabetes, uma vez que auxilia a diminuir a glicose sanguínea.

Você tem diabetes ou conhece alguém que tem? Como lidam com a questão doença e vinho? Conte para nós sua experiência neste assunto. Se tiver alguma dica, compartilhe conosco. Vamos adorar te ouvir!

Compre sua Adega Art des Caves

Categorias: Vinhos

Escrito por Bruno Hermenegildo

Bruno Hermenegildo é Sommelier International, formado pela FISAR (Federazione Italiana de Sommeliers), outorgado com o grau de Wine Master nas regiões do Piemonte e Toscana (Itália), graduado como Advanced pela Wine&Spirits (Londres) e também graduado em Gastronomia. Bruno é membro da Confraria dos Sommeliers de São Paulo, a mais concorrida confraria profissional do Brasil.


Tabela Comparativa de Adegas Art des Caves

Últimas notícias

Adega Climatizada Petit 14

Receba nossas notícias!