<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

A importância da temperatura certa para guardar vinhos

Acertar a forma de servir vinhos a seus convidados é mesmo uma arte: exige adequação quanto aos pratos da refeição, as safras e tipos de uva, além da temperatura. Isso mesmo: a temperatura é um fator essencial para conseguir servir com sucesso uma garrafa de vinho em uma mesa. Para ajudar nessa tarefa, preparamos algumas dicas no que diz respeito à temperatura certa para guardar vinhos. Acompanhe:

A temperatura é um dos aspectos mais importantes para vinhos

a-temperatura-e-um-dos-aspetos-mais-importantes-para-vinhosSeja em relação a sua armazenagem, seja a temperatura para servir uma garrafa à mesa, essa é uma das características fundamentais para se apreciar um bom vinho. E, como não poderia deixar de ser, cada tipo de vinho tem uma temperatura ideal. Essa temperatura pode ressaltar certas nuances da bebida que não estariam presentes em temperatura ambiente.

Além disso, em países tropicais como o Brasil, contamos com o problema da temperatura média ambiente. Nenhum vinho, independentemente do tipo, deve ser servido em temperatura superior a 20ºC. Ou seja, nem sempre a temperatura ambiente é ideal para conservar e servir uma garrafa de vinho.

A temperatura certa para guardar vinhos brancos e vinhos tintos

a-temperatura-certa-para-guardar-vinhos-brancos-e-vinhos-tintosVinhos tintos têm uma composição diferente de vinhos brancos, e isso se reflete também na temperatura ideal para servir cada tipo de vinho. No caso do vinho tinto, por exemplo, por ele ser mais encorpado, sua temperatura deve ser maior que a dos brancos. Isso contribui para que as moléculas de vinho exalem o aroma ideal antes de uma degustação de tintos.

Os vinhos brancos normalmente são servidos em temperaturas mais baixas. Mas cuidado para não exagerar, nem para mais, nem para menos, porque resfriar demais uma garrafa pode gerar o efeito contrário, escondendo sabores e eliminando o perfume do vinho.

Variedades de vinhos também exigem cuidados distintos

variedades-de-vinhos-tambem-exigem-cuidados-distintosAinda que você possua duas garrafas de vinho branco em sua casa, uma pode exigir temperaturas mais baixas que outra, devido à característica de cada vinho. Por exemplo, a temperatura certa para guardar vinhos mais voláteis é mais baixa (entre 9º e 11ºC), como é o caso do Sauvignon Blanc e o Chardonnay. Já espumantes devem ser mantidos em temperaturas ainda menores, entre 6º e 8º. Vinhos tintos médios podem ser mantidos entre 12º e 15ºC. Enquanto isso, vinhos tintos encorpados são melhor armazenados em temperaturas entre 16º e 18ºC.

Temperatura e a tanicidade dos tintos

temperatura-e-a-tanicidade-dos-tintosQuando um vinho tinto é servido a temperaturas mais baixas que o ideal, o aspecto relacionado à tanicidade da bebida pode se mostrar mais evidente, dando aquela sensação desagradável nas papilas gustativas. Um pouco de tanino não é necessariamente ruim, mas se essa característica dominar a degustação, não será uma experiência agradável.

Com essas recomendações em mãos, fica difícil errar a temperatura de cada tipo de vinho. Além disso, poder contar com uma adega climatizada pode te ajudar nessa tarefa. Para manter uma variedade maior de garrafas em sua adega, é ideal que ela conte com nichos de temperaturas distintas. Caso contrário, para manter a temperatura certa para guardar vinhos, o ideal é ter uma para cada tipo.

Ainda tem dúvidas ou sugestões sobre esse tema? Deixe aqui seu comentário e participe!

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber

Escrito por Rafaela Vidigal

Rafaela Vidigal, formada em administração, integra desde 2007 a equipe da Art des Caves. Atualmente vem descobrindo os encantos do marketing. Adora cantar no carro ­(mesmo cantando muito mal), ama comer, beber bons vinhos e dar boas risadas. Acredita que toda garrafa vazia está cheia de boas histórias!

Comentários:
0