<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

O que a cor do vinho pode te dizer sobre a bebida?

Grandes apaixonados pela bebida dos deuses sabem que a apresentação de um vinho vai além de uma bela taça. O aroma e a cor do vinho são itens que podem revelar muito sobre a sua qualidade e também anunciar o tipo e o sabor da bebida.

Qual é a taça ideal para cada tipo de vinho?

A apreciação de um vinho envolve os sentidos humanos. A visão, por exemplo, é o início do processo em uma degustação.

Apenas com essa importante análise, é possível responder tópicos como idade da bebida, tipo de uva, tempo de maturação e viscosidade, entre outros.

Porém, para entender o que as cores do vinho podem dizer, primeiro precisamos aprender de onde vêm as suas tonalidades.

Saiba como é definida a cor de um vinho

A origem das tonalidades do vinho, sendo ele tinto, branco ou rosé, vem da uva ou do processo de produção da bebida.

Vinho estragado? Como saber se o seu vinho está bom para beber

O uso da casca da fruta também influencia diretamente em sua cor. Os vinhos tintos, por exemplo, são feitos com uvas escuras e sem retirar a casca.

Já os brancos são produzidos, em sua maioria, com uvas brancas ou tintas, desde que estejam sem casca.

Os processos químicos também influenciam na tonalidade dos vinhos. Por isso, devem ser acompanhados até que se chegue à cor desejada.

Aprenda como analisar a cor do vinho

Em geral, os vinhos têm tendência a trocar de cor. Tintos podem clarear e vice-versa. Quando acontece essa transformação de tonalidade, a bebida não é mais indicada para consumo.

Os vinhos tintos, com suas respectivas tonalidades, apresentam o frescor juvenil em seu sabor. Ao ganhar tons avermelhados e alaranjados, a bebida caminhará para o envelhecimento.

É importante ressaltar que os tons corais são normais apenas para vinhos especiais, como o vinho laranja.

Conheça os vinhos laranjas

Já o vinho branco tem o seu processo de envelhecimento mais rápido. O escurecimento da bebida é para o tom amarelado.

Os rosés, em contrapartida, vão para o tom conhecido como âmbar, uma tonalidade alaranjada escura.

E agora, com todas as dicas sobre a cor do vinho, temos certeza que você analisará melhor o visual da bebida dos deuses antes de degustá-la. Para saber mais sobre o universo dos vinhos, continue acompanhando o nosso blog!

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber

Escrito por Rafaela Vidigal

Rafaela Vidigal, formada em administração, integra desde 2007 a equipe da Art des Caves. Atualmente vem descobrindo os encantos do marketing. Adora cantar no carro ­(mesmo cantando muito mal), ama comer, beber bons vinhos e dar boas risadas. Acredita que toda garrafa vazia está cheia de boas histórias!

Comentários:
0