<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Top of Mind no Brasil em Adegas e Climatização

Você sabia que a vibração é um dos vilões do vinho?

Publicado por Rafaela Vidigal em 9/ago/2018 10:00:00

Você sabia que a vibração é um dos vilões do vinho?

Temperatura, umidade e iluminação já são vilões do vinho bastante conhecidos e as pessoas costumam prestar atenção a esses detalhes na hora de armazenar suas garrafas. Mas, o fato é que existe um último fator, menos evidente, mas que, segundo especialistas, também pode prejudicar a qualidade do vinho ao longo do tempo: a vibração.

Pesquisas indicam que os efeitos da vibração constante alteram as características físicas e químicas dos vinhos tintos em 18 meses ou em um prazo até menor, dependendo do grau de vibração a que estiverem submetidos.

A vibração constante acaba agitando as moléculas do vinho e impedindo que elas se assentem. E, ao dificultar o acúmulo dos sedimentos no fundo da garrafa, o processo natural no envelhecimento do vinho é obstruído, pois não há separação de matéria sólida e líquida.

A vibração e seus efeitos no sabor, acidez e aroma

A VIBRAÇÃO E SEUS EFEITOS NO SABOR, ACIDEZ E AROMA

Uma pesquisa realizada em 2008 identificou reações físicas e químicas no vinho tinto causadas pelo aumento de energia cinética dentro das garrafas. Uma delas é o aumento do índice de refração, do propanol e do álcool isoamílico, o que deixa o vinho mais adocicado e menos aromático e produz altos níveis de cetona.

Outra reação química notada é a diminuição de alguns componentes do vinho, como o ácido tartárico (que corrige a acidez), o ácido succínico e o éster. Essa diminuição provoca alterações no sabor e na aparência do vinho.

Armazenamento

Armazenamento

Para preservar o vinho e garantir a qualidade dele no momento em que a garrafa é aberta, é necessário avaliar todas as condições de armazenamento dos rótulos. Portanto, além de considerar a umidade, a quantidade de luz que atinge o vinho constantemente e, claro, a temperatura, também é preciso checar se a adega produz trepidações constantes.

Se vibrações podem alterar o sabor do vinho, então a frequentes aberturas e fechamentos na porta das adegas também impactarão a bebida. Nestes casos, o melhor é buscar por adegas que tenham portas de vidro e luzes (de LED) que permitam observar os rótulos armazenados de maneira simples e rápida . Armazenar as garrafas individualmente para evitar movimentá-las na hora de escolher um vinho também é uma recomendação.

Por fim, a escolha da adega influencia muito na preservação dos vinhos. Dê sempre preferência a adegas com um bom compressor, pois além de manter os vinhos na temperatura ideal, você reduz significativamente as vibrações da adega, diminui o ruído em seu ambiente e ainda economiza nos gastos com eletricidade. Com atenção à essas questões, você poderá escolher um rótulo da sua coleção e apreciar a bebida em toda sua excelência.

Você já observou alguma alteração no vinho causada pela vibração? E por outros vilões do vinho, como temperatura e umidade? Compartilhe suas experiências conosco!

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber

Categorias: Vinhos

Escrito por Rafaela Vidigal

Rafaela Vidigal, formada em administração, integra há 9 anos a equipe da Art des Caves. Atualmente vem descobrindo os encantos do marketing. Adora cantar no carro ­(mesmo cantando muito mal), ama comer, beber bons vinhos e dar boas risadas. Acredita que toda garrafa vazia está cheia de boas histórias!


Tabela Comparativa de Adegas Art des Caves

Últimas notícias

Receba nossas notícias!