<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Uva Marselan: cruzamento entre Cabernet Sauvignon e Grenache Noir

Uva Marselan: cruzamento entre Cabernet Sauvignon e Grenache Noir

Apesar de não tão presente nas mesas dos brasileiros, o vinho feito com a Uva Marselan tem uma característica ímpar. Criada a partir das espécies Cabernet Sauvignon e Grenache Noir, essa uva tem origem francesa com aromas e sabores inusitados e diferentes.

Com coloração intensa e aromas que lembram frutas vermelhas frescas e cacau, a uva Marselan começou a ser comercializada no Brasil a partir de 2002. Devido às peculiaridades no sabor, a qualidade dessa uva tem ganhado força e, a cada safra, novos produtores têm lançado rótulos no mercado.

O cruzamento que resultou na uva Marselan

A espécie foi produzida pela primeira vez em 1961, pelo pesquisador Paul Truel, perto da cidade francesa de Marselha. A partir dos resultados do estudo, a uva recebeu o registro do INRA (Institut National de la Recherche Agronomique - Instituto Nacional de Pesquisa Agronômica da França), órgão que valida as pesquisas científicas.

De acordo com relatos, no início o clone entre as variedades apresentou uma uva de baixa produção, o que fez com que o cultivo da Marselan fosse deixado de lado pelos pequenos produtores, que tinham objetivos maiores nos vinhedos.

Entretanto, com o passar dos anos, a espécie começou a ser explorada e, consequentemente, exportada para vários países do mundo. No Brasil, já existem produtores que se dedicam ao cultivo dessa uva. Na região Sul do país, por exemplo, existem vários vinhedos de Marselan. A explicação é única: o clima frio e úmido, natural da Serra Gaúcha, favorece a produção da espécie.

Por que a uva Marselan é diferente?

Como foi dito, o cruzamento entre as duas espécies francesas fez com que a Marselan adquirisse características próprias de cada uma das uvas. A acidez da Cabernet Sauvignon, por exemplo, combinada com a leveza e versatilidade da Grenache Noir, transformou a Marselan em uma uva exótica e especial.

Além dessas peculiaridades, outra qualidade chama a atenção de degustadores: o tamanho reduzido das bagas aumenta a proporção de cascas durante o processo de vinificação e, consequentemente, aumenta a concentração de compostos polifenólicos (aqueles responsáveis por promoverem partículas antioxidantes, que rejuvenescem a pele) no vinho.

Então, se você ama a bebida dos deuses e tem curiosidade de provar essa uva única, que tal abrir agora mesmo uma bela garrafa de vinho feito com essa espécie? Caso tenha experimentado um rótulo feito com a uva Marselan, conte para nós nos comentários abaixo!

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber

Comentários:
0