<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Top of Mind no Brasil em Adegas e Climatização

Aprenda uma deliciosa receita de risoto com vinho tinto

Publicado por Rafaela Vidigal em 18/abr/2017 11:00:00

aprenda-uma-deliciosa-receita-de-risoto-com-vinho-tinto.jpg

Além de harmonizar com diferentes sabores, o vinho pode ser utilizado como ingrediente-chave em algumas receitas, agregando sabor e aroma ao prato. Cada tipo de vinho dá seu toque especial: os mais ácidos, por exemplo, são bons para equilibrar pratos gordurosos. Tintos ou brancos podem ser usados em sobremesas, para marinar carnes ou serem acrescentados em molhos, caldos e sopas.

Para surpreender na cozinha, separamos esta receita de risoto com vinho tinto com rendimento para 2 pessoas, ideal para um jantar romântico ou para receber visitas. Confira!

Receita de risoto com vinho tinto

 

Ingredientes:

  • 300g de arroz carnaroli (Esse tipo de arroz é próprio para risotos. É menor que o arroz arbóreo e demora mais para cozinhar, sendo indicado por absorver mais o sabor dos ingredientes. Ele também libera mais amido, o que confere cremosidade ao prato. Leva cerca de 18 minutos para ficar pronto)
  • 1 cebola pequena
  • 400ml de vinho tinto seco (Você pode usar o de sua preferência, mas o vinho Malbec é sugerido também por harmonizar com carnes grelhadas que podem acompanhar o risoto)
  • 1 litro de caldo de legumes
  • 50g de manteiga sem sal
  • 50g de parmesão ralado grosseiramente

 

Modo de preparo:

Pique toda a cebola e refogue com metade da manteiga até a cebola ficar transparente. Acrescente o arroz e refogue bem. Adicione o vinho aos poucos e deixe ferver. Conforme o líquido for secando, acrescente mais até o arroz estar cozido (cerca de 18 minutos, como já falamos). O caldo de legumes também deve ser acrescentado aos poucos para cozinhar o arroz. Quando o grão estiver no ponto, desligue o fogo e acrescente a outra metade da manteiga reservada e o parmesão, mexendo vigorosamente para integrar os sabores. Se achar necessário, acrescente sal. E voilá! Seu risoto estará pronto para ser servido!

 

Acompanhamento:

A carne vermelha grelhada, como o medalhão de filé mignon ou uma picanha ao forno, é uma boa opção por harmonizar com o sabor do vinho tinto. Também são válidas as porções de legumes cozidos ou grelhados. Para beber, o ideal é acompanhar o vinho utilizado na receita.

Como escolher um vinho na hora de cozinhar

Pense que, mesmo quando usado para o cozimento de alimentos, o vinho precisa ter uma boa qualidade. O que vai para a panela terá seu sabor realçado no prato, por isso, opte pelo que fará a diferença. Nem adianta escolher o mais barato se ele for estragar a receita.

Se na receita diz “vinho seco”, não o substitua por um suave, pois o resultado não será o mesmo. Quando usado para marinar ou dar tempero a algum ingrediente, considere um vinho mais aromático. Mesmo perdendo o teor alcoólico, o vinho acrescenta sabor e aroma, então procure equilibrar essas características em seu prato.

Você conhece alguma outra receita incrível feita com vinho?  Compartilhe com a gente!  Acompanhe nosso blog e confira, em primeira mão, as próximas receitas que publicaremos aqui!

Compre sua Adega Art des Caves

Categorias: receita

Escrito por Rafaela Vidigal

Rafaela Vidigal, formada em administração, integra há 9 anos a equipe da Art des Caves. Atualmente vem descobrindo os encantos do marketing. Adora cantar no carro ­(mesmo cantando muito mal), ama comer, beber bons vinhos e dar boas risadas. Acredita que toda garrafa vazia está cheia de boas histórias!


Tabela Comparativa de Adegas Art des Caves

Últimas notícias

Adega Climatizada Petit 14

Receba nossas notícias!