<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Top of Mind no Brasil em Adegas e Climatização

Quais são os maiores consumidores de vinhos tintos do mundo?

Publicado por Bruno Hermenegildo em 24/nov/2016 9:00:00

Quais são os maiores consumidores de vinhos tintos do mundo?

Naturalmente tendo sido o vinho descoberto, o mundo não poderia deixar de se deliciar com essa bebida tão maravilhosa de sabor adocicado e rico em propriedade medicinais.

O Brasil tem comercializado todos os anos milhões de garrafas, sejam elas provenientes do exterior ou de campo nacional.

Porém, existem 10 Países que são insuperáveis no consumo de vinhos, será que você suspeita quais são eles?

Vamos à lista!

  • EUA.
  • França.
  • Itália.
  • Alemanha.
  • China.
  • Reino Unido.
  • Argentina.
  • Rússia.
  • Espanha.
  • E por fim, Austrália.

E por que será que esses Países se destacam como os maiores consumidores do mundo?

E POR QUE SERÁ QUE ESSES PAÍSES SE DESTACAM COMO OS MAIORES CONSUMIDORES DO MUNDO?

Então você pode dizer: “Mas, como foi descoberto que esses 10 Países realmente são os maiores consumidores do mundo”?

Simples de responder!

Em 2014, foi elaborado um estudo, onde vários países foram analisados no consumo da bebida. Um profundo relatório foi feito, destacando o cenário global dos hábitos dos consumidores, e então a lista dos 10 mais consumistas foi pontuada.

O EUA ganha como destaque de maior consumidor. Embora o povo italiano tenha ganho em beber vinho per capita.

De acordo com pesquisas relacionadas ao tema, os americanos consumiram em torno de 339,6 milhões de caixas de 9 litros de vinho. E até 2018 se espera que esse número cresça ainda mais.

A França também ganhou destaque, e em seguida vem a Itália, Alemanha e a China.

Mas não é somente isso que envolve o mercado de vinhos. Já que segundo relatório encomendado pela Feira Internacional de Vinhos e Destilados Vineprox, foi descoberto que o consumo mundial geral está aumentando também.

Veja só; entre os anos de 2009 e 2013, o consumo global cresceu 2,7%, isso equivale a cerca de 31,78 bilhões de garrafas. A pesquisa de mercado também previu que haverá um aumento de mais de 1% nesse consumo, até 2018. Isso equivale a um consumo em média de 32,78 bilhões de garrafas de vinhos.

Cava e Prosecco

No ano de 2013, os vinhos espumantes como o Prosecco e o Cava foram ambos responsáveis por um aumento de 8% no consumo global. Já o champanhe teve uma queda de 1,4%, segundo a pesquisa, acredita-se que isso ocorreu por causa da queda na demanda dos países que mais consomem: EUA, França, e no Reino Unido.

Já a Itália é considerada um país que é apaixonada pelo vinho – consumindo uma média de 48,1 litros por pessoa. Em seguida a ela vem França, Suíça, Portugal e Áustria.

E então a previsão do ranking ficará da seguinte forma:

O consumo de vinhos tintos e brancos será bem alinhado. Ainda assim, o vinho tinto terá uma pequena vantagem sobre o branco. Já o tipo rosé é muito consumido na França, Reino Unido, entre outros.

Economia de alguns países que mais consomem vinho

Uma das maiores economias mundiais pode ser destacada nos EUA – Estados Unidos da América. Com um PIB de mais de 17,7 trilhões no ano de 2016, o país possui a população mais desenvolvida do globo.

A segunda maior economia é a da China compondo 10,35 trilhões em 2016. Já a França tem hoje em PIB cerca de 37.675 trilhões e assim os demais países também possuem uma boa economia.

Não é à toa que esses 10 Países foram considerados os mais fortes como consumidores de vinho, e você? Já viajou para um desses locais? O que acha de cada uma dessa regiões e de seus vinhos?

Comente, queremos saber sua opinião (:

Download eBook

Categorias: Vinhos

Escrito por Bruno Hermenegildo

Bruno Hermenegildo é Sommelier International, formado pela FISAR (Federazione Italiana de Sommeliers), outorgado com o grau de Wine Master nas regiões do Piemonte e Toscana (Itália), graduado como Advanced pela Wine&Spirits (Londres) e também graduado em Gastronomia. Bruno é membro da Confraria dos Sommeliers de São Paulo, a mais concorrida confraria profissional do Brasil.


Tabela Comparativa de Adegas Art des Caves

Últimas notícias

Adega Climatizada Petit 14

Receba nossas notícias!