<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Top of Mind no Brasil em Adegas e Climatização

6 dicas de harmonização com vinhos brancos

Publicado por Bruno Hermenegildo em 31/out/2017 10:00:00

6 dicas de harmonização com vinhos brancos

Hoje o assunto do blog é a harmonização com vinhos brancos, para que você receba seus amigos em casa sem passar vergonha!

Antes das nossas 6 dicas para surpreender seus convidados, lembremos que a harmonização é uma técnica que exige um pouco de prática, atenção aos sabores e interesse pelo assunto.

Leia também: Os piores erros de harmonização de vinho que você deve evitar

Para saber qual a melhor forma de harmonizar, é preciso, primeiramente, entender as características do vinho e como elas reagem ao paladar.

Harmonização com vinhos brancos

Por ser leve e refrescante, o vinho branco é ideal para ser consumido em um país tropical como o Brasil. Ele deve ser servido em temperatura mais baixa que a do vinho tinto, geralmente entre 6º a 12º C.

Por conta dessas características, os vinhos brancos acompanham muito bem:

 

Queijos frescos

Tipos como Minas frescal, ricota, queijo coalho e muçarela de búfala combinam com vinhos brancos leves (Sauvignon Blanc, Vinho verde), que possuem aroma frutado e refrescante, mas com uma acidez mais elevada, para contrabalancear com a dos queijos.

 

Peixes e frutos do mar

Podem ser combinados tanto com vinhos brancos quanto com vinhos rosados. Por terem taninos praticamente inexistentes, os primeiros são mais indicados, para harmonizar com a delicadeza do peixe e também da sapidez que vai excelente com a acidez de ambos os tipos de vinho.

 

Massas e risotos

Irá depender dos ingredientes principais. Se forem a base de legumes, o ideal é harmonizar com vinhos brancos leves. Para frutos do mar e peixes, por exemplo, melhor brancos de médio corpo, como um branco do Douro ou da Toscana.

 

Aves

Carnes brancas ou leves (como frango ou peru), de sabores mais sutis, ficam ótimas acompanhadas de vinhos brancos mais encorpados e opulentos como chardonnay ou um ótimo rosé do novo mundo.

 

Sobremesas

Para frutas, pudins, cremes e sobremesa de sabores suaves e amanteigados, uma boa opção são os vinhos brancos de colheita tardia.

 

Pratos condimentados e de tempero forte

De sabores marcantes, combinam com vinhos expressivos. Pratos com curry, por exemplo, podem harmonizar com um Gewürztraminer, um dos vinhos brancos mais aromáticos do mundo.

E então, o que achou de nossas dicas de harmonização com vinhos brancos? Tem alguma outra sugestão? Escreva para nós nos comentários abaixo

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber

Categorias: Vinhos

Escrito por Bruno Hermenegildo

Bruno Hermenegildo é Sommelier International, formado pela FISAR (Federazione Italiana de Sommeliers), outorgado com o grau de Wine Master nas regiões do Piemonte e Toscana (Itália), graduado como Advanced pela Wine&Spirits (Londres) e também graduado em Gastronomia. Bruno é membro da Confraria dos Sommeliers de São Paulo, a mais concorrida confraria profissional do Brasil.


Tabela Comparativa de Adegas Art des Caves

Últimas notícias

Receba nossas notícias!