<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Top of Mind no Brasil em Adegas e Climatização

Conheça as garrafas de vinho que todo colecionador quer ter

Publicado por Rafaela Vidigal em 15/jun/2017 10:00:00

Conheça as garrafas de vinho que todo colecionador quer ter

Para algumas pessoas, o vinho é apenas uma bebida para ser apreciada, independentemente da ocasião. Entretanto, há quem prefira investir um bom valor em garrafas de vinho específicas, com a finalidade de possuir rótulos raros e exclusivos.

Embora seja um hábito comum de colecionador, a prática de adquirir safras especiais tem movimentado cada vez mais o setor da bebida de Baco.

Você já deve ter escutado que quanto mais antigo o vinho, melhor e mais valioso ele é, não é verdade? Afinal, há sensações que são proporcionadas apenas por um vinho velho.

Além disso, outra característica que valoriza a bebida é a tradição que existe por trás dela. Garrafas de edição comemorativa, por exemplo, geralmente são exclusivas e merecem ser colecionadas.

Garrafas de vinho para colecionadores

Seven Kingdoms

Já falamos aqui no blog sobre a linha de vinhos inspirada na série “Game of Thrones”. A adega californiana Vintage Wine Estates comercializa três garrafas de tipos diferentes: Chardonnay, Cabernet Sauvignon e blend tinto.

Por enquanto, os vinhos estão sendo vendidos somente nos Estados Unidos, por valores entre US$ 19,99 e US$ 39,99.

Château Mouton Rothschild

Esse vinho leva o mesmo nome da uma famosa vinícola de Médoc, na França, conhecida por produzir os mais prestigiados vinhos nos arredores de Bordeaux.

Em um leilão promovido pelo site gastronômico Basilico, a garrafa magnum de "Château Mounton Rothschild" 1982 chegou a ser arrematada por R$ 5.790.

Petrvs Pomerol

A vila que produz o Petrvs, localizada na região de Bordeaux, faz um dos vinhos mais raros e caros do mundo. Com produção doméstica, o vinhedo conta apenas com 30 mil rótulos a cada safra. Além disso, cerca de 40% das garrafas são vendidas somente na França. Embora não seja comercializada no Brasil, essa raridade pode chegar a R$ 8.000.

Henri Jayer Richebourg Grand Cru

Quem gosta de colecionar garrafas especiais, com certeza, deve sonhar em ter um rótulo de Henri Jayer Richebourg Grand Cru. Conhecido como o vinho mais caro do mundo, uma garrafa desse tinto pode chegar a US$ 16.343.

A característica que faz da bebida valiosa se dá por conta da produção em baixíssima escala, além de sabores e aromas exclusivos que a safra proporciona.

Château d'Yquem

Esse vinho é feito em Sauternes, numa região de produção de uvas brancas, ao sul de Bordeaux. Além de referência em obras literárias de Vladmir Nabokov e Fiodor Dostoievski, essa bebida tem uma característica única.

Suas uvas são atacadas por um fungo chamado de Botrytis cinerea, que apodrece os cachos, deixando a fruta adocicada. No Brasil, uma garrafa pode ser encontrada por R$ 9.399.

Você já degustou algum rótulo raro ou está à procura de garrafas de vinhos para colecionar? Vamos continuar o bate-papo nos comentários abaixo! Aproveite para ler os outros conteúdos do nosso blog!

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber

Categorias: Vinhos

Escrito por Rafaela Vidigal

Rafaela Vidigal, formada em administração, integra desde 2007 a equipe da Art des Caves. Atualmente vem descobrindo os encantos do marketing. Adora cantar no carro ­(mesmo cantando muito mal), ama comer, beber bons vinhos e dar boas risadas. Acredita que toda garrafa vazia está cheia de boas histórias!


Tabela Comparativa de Adegas Art des Caves

Últimas notícias

Receba nossas notícias!