<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Top of Mind no Brasil em Adegas e Climatização

5 erros cometidos por quem está começando a beber vinho

Publicado por Rafaela Vidigal em 27/jun/2017 10:00:00

5 erros cometidos por quem está começando a beber vinho

Você está começando a beber vinho, uma das bebidas mais antigas do mundo, mas não quer cometer erros de iniciante? Tudo bem. Esse post irá te ajudar!

Bastante consumido atualmente, o vinho tem mesmo conquistado o paladar de muitas pessoas. Existem os apaixonados pela bebida, que chegam até a se especializar no assunto e acabam se tornando enólogos. Há, ainda, os que, de vez em quando, têm por costume degustar um bom vinho, e, para finalizar, também existem os iniciantes.

Estou começando a beber vinho. E agora?

Veja dicas para não passar vergonha e aproveitar ao máximo a sua nova experiência.

Achar que o mais caro é o melhor

Nem sempre a qualidade significa um preço mais alto. O principal erro que os iniciantes em vinho cometem é comprar pelo rótulo, ou, na maioria dos casos, pelo preço. O que geralmente as pessoas não sabem é que o ideal é escolher a bebida pelo paladar.

Em vez de usar em sites especializados filtros que mostram preços por pontuação, procure lembrar das suas experiências anteriores com a bebida e peça ajuda a um especialista.

Essa, sem dúvida, será a melhor forma de começar a entender o universo dos vinhos. E você descobrirá aquilo que realmente é agradável ao seu paladar, sem traumatizar a sua experiência.

Servindo a bebida

É comum de muitas pessoas, quando começam a beber vinho, servir uma quantidade generosa na taça, iguais a de um refrigerante ou um suco. Só que, no caso do vinho, o ideal mesmo é apreciá-lo, sem exagerar. Sirva faltando sempre de dois a três dedos na taça. Dessa forma, você não cometerá gafes e também evitará que o seu convidado se suje.

Guardar o vinho destampado na geladeira

Quando o vinho é aberto e entra em contato com o oxigênio, ele acaba acelerando seu processo de oxidação. Quando ele está fechado, o processo é mais lento.

Se você abre um vinho hoje, o ideal é que consuma em até três dias. Fora isso, ele pode oxidar e perder suas características originais. No caso de alguns vinhos, isso acontece algumas horas após aberto. Então, se for guardá-lo na geladeira, não se esqueça de mantê-lo bem fechado.

Analisar o vinho no primeiro gole

Todo mundo se sente um pouco sommelier quando inicia sua vida no universo dos vinhos. E, com toda a certeza, você já avaliou um vinho antes de te servirem, seja em um restaurante ou na casa de um amigo. Mas, você sabe, de fato, para que serve o gole de vinho que o garçom coloca em sua taça antes de servi-lo ao resto da mesa?

Isso acontece porque a intenção dele é de que você se certifique se a bebida está boa, agradável. Essa etapa precisa ser relativamente rápida. É o momento da avaliação do vinho, em um gole não muito demorado. Contudo, deve ser suficiente para saber se ele é adequado.

Após essa avaliação, você poderá degustar a bebida com seus convidados, de forma demorada e agradável, como merece um belo vinho.

Degustando o vinho

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, analisar e degustar o vinho são coisas bem diferentes. Se no caso anterior a ideia é avaliar as condições do vinho antes de servi-lo, para degustá-lo, a forma correta é realizada em algumas etapas:

Gire o copo, cuidadosamente, para que você sinta o líquido e ele libere aromas. Em seguida, aprecie com goles suaves. Nunca beba seu vinho rápido demais. O ideal é que, aos poucos, você saboreie a bebida, sem pressa. E jamais pegue a taça pelo bojo!

Ficou curioso do porquê não se deve segurar a taça pelo bojo? O blog anteriormente mostrou, entre outras dicas, como pegar uma taça de vinho.

Você, que está começando a beber vinho, tem alguma outra dúvida de como apreciar a bebida da melhor forma? Escreva para nós nos comentários abaixo!

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber

Categorias: Vinhos

Escrito por Rafaela Vidigal

Rafaela Vidigal, formada em administração, integra há 9 anos a equipe da Art des Caves. Atualmente vem descobrindo os encantos do marketing. Adora cantar no carro ­(mesmo cantando muito mal), ama comer, beber bons vinhos e dar boas risadas. Acredita que toda garrafa vazia está cheia de boas histórias!


Tabela Comparativa de Adegas Art des Caves

Últimas notícias

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber

Receba nossas notícias!