<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Top of Mind no Brasil em Adegas e Climatização

Veja dicas de harmonização para cada tipo de vinho

Publicado por Bruno Hermenegildo em 23/nov/2017 14:00:00

Veja dicas de harmonização para cada tipo de vinho

O assunto hoje vai fazer a boca salivar. Se o vinho, por si só, já instiga o paladar, com a mistura perfeita, então... Já tratamos aqui sobre algumas dicas de harmonização, mas vamos estender o tema, que é bastante rico e saboroso.

Sabemos que cada um tem sua preferência, e não há regras rígidas. Quem manda é o paladar, claro. Mas a gastronomia está repleta de associações que são quase unanimidade, como o velho feijão com arroz.

Veja harmonizações que comprovadamente caem muito bem no gosto da maioria dos apreciadores de vinho.

Dicas de harmonização com espumantes

Muita gente associa espumantes a outro tipo de bebida, mas é vinho sim. A diferença reside no processo de fabricação, com dupla fermentação. O primeiro não muda em nada em relação aos demais vinhos. O segredo é a segunda fermentação, onde aparece a famosa “perlage” (bolinhas de gás).

  • Brut

É muito utilizado quando se servem aperitivos e frutos do mar. Combina muito bem com entradas, saladas, grelhados leves e peixes. Tem como peculiaridade ser um dos poucos vinhos que harmonizam bem com pratos da culinária japonesa, como sushi e outros peixes crus.

  • Demi Sec

Com sua acidez leve, combina muito bem com alimentos adocicados, como sobremesas leves, doces delicados e frutas. Mas preferencialmente é indicado para harmonização com sabores moderadamente doces, como torta de frutas ou bolos de aniversário ou casamento. O Demi Sec também pode ser saboreado juntamente com grelhados leves e peixes.

  • Prosecco

Um dos mais conhecidos entre os espumantes, harmoniza bem com aperitivos, canapés, saladas, peixes e comida japonesa.

  • Chapagne

A estrela dos espumantes, é excelente para ser degustado com os mais diversos tipos de queijo, canapés e foie gras, além de frutos do mar. Nesse tipo de bebida, cabe uma explicação técnica: só é considerado Champagne os vinhos produzidos na região francesa que leva o mesmo nome e onde surgiu o processo para a fabricação de espumantes, elaborado pelo método Champenoise a partir das uvas Chardonnay, Pinot Noir e Pinot Meunier.

Dicas de harmonização com vinhos brancos

Os vinhos brancos são geralmente servidos em temperaturas mais baixas. Por isso oferece possibilidades de combinações com comidas ideais para o verão, pratos leves como carne brancas, peixes e saladas.

  • Sauvignon Blanc

Esse tipo de vinho branco harmoniza muitíssimo bem com queijos frescos, comida asiática, carne de porco, aves, salmão e frutos do mar, além de massas com molhos suaves.

  • Riesling

Por harmonizar muito bem com sanduíches, aperitivos e comida asiática, é muito utilizado em coquetéis. Seu sabor casa muito bem quando se degusta carne de porco, aves em geral, atum, mariscos e frutos do mar. Oferece ainda a opção de ser consumido acompanhado de frutas e sobremesas.

  • Pinot Gris

Queijos suaves, sanduíches leves, carne de porco, aves e comida asiática estão entre as iguarias que se harmonizam com este vinho. O Pinot Gris é ótimo ainda acompanhado de massas com molhos suaves e frutos do mar.

  • Chardonnay

Carnes brancas e massas com molhos a base de leite estão entre as possíveis combinações mais recomendadas. Também harmoniza bem tanto com queijos fortes quanto os mais suaves. Outros pratos indicados para demais vinhos brancos também harmonizam bem com o Chardonnay, como atum, mariscos e carne de porco.

Dicas de harmonização com vinhos rosé

Vinhos rosados estão entre os mais indicados para estações amenas do ano, como a primavera. Suas harmonizações são muito semelhantes às de vinhos brancos, e oferecem um grande leque de combinações, como aperitivos, queijos suaves, sanduíches, comida asiática, carne de porco, aves, massas com molhos suaves, saladas, salmão, atum, mariscos, frutos do mar, frutas e sobremesas.

Dicas de harmonização com vinhos tinto

Tipo de vinho mais consumido no Brasil, os tintos são frequentemente mais encorpados que os demais e acompanha geralmente pratos suculentos.

  • Cabernet Sauvignon

O vinho produzido a partir dessa uva harmoniza bem com queijos fortes e carnes vermelhas, como a de cordeiro, por exemplo

  • Pinot Noir

O leque de opções desse vinho é bem amplo, passando por queijos leves, carnes vermelhas magras, carne de porco, aves, carneiro, massas com molhos leves e também peixes como salmão e atum.

  • Merlot

Todos os tipos de queijo são excelentes harmonizações para o Merlot, devido a sua característica.Também é ótimo acompanhamento para churrasco com carnes vermelhas e ovelha, assim como massas com molhos encorpados e aves.

  • Malbec

Uma das combinações mais indicadas para churrasco, principalmente uma boa picanha. O Malbec ajuda a quebrar as fibras da carne além de harmonizar com os sabores entre si.

  • Beaujolais

Devido a sua leveza, entre os tintos é o que mais oferece opções de harmonizações: dos queijos leves, aperitivos e sanduíches às carnes vermelhas e de porco. Também vai muito bem com comida asiática, massas leves e peixes como o salmão. Além disso, pode ser degustado ainda com sobremesas.

Gostou das dicas de harmonização com vinhos? Gostaria de sugerir algum outro assunto? Escreva para nós nos comentários abaixo!

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber

Categorias: Vinhos

Escrito por Bruno Hermenegildo

Bruno Hermenegildo é Sommelier International, formado pela FISAR (Federazione Italiana de Sommeliers), outorgado com o grau de Wine Master nas regiões do Piemonte e Toscana (Itália), graduado como Advanced pela Wine&Spirits (Londres) e também graduado em Gastronomia. Bruno é membro da Confraria dos Sommeliers de São Paulo, a mais concorrida confraria profissional do Brasil.


Tabela Comparativa de Adegas Art des Caves

Últimas notícias

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber

Receba nossas notícias!