<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Top of Mind no Brasil em Adegas e Climatização

Conheça os vinhos laranjas

Publicado por Bruno Hermenegildo em 1/set/2016 9:00:00

Conheça os vinhos laranjas

Você já ouviu falar em vinho laranja? Se a resposta foi não, saiba que seu paladar está perdendo bastante! A curiosa coloração já é tendência no exterior, mas ainda é desconhecido por aqui, até mesmo para os apreciadores mais constantes de vinho no Brasil. Ficou curioso?

O vinho laranja é um vinho que se difere dos que estamos mais acostumados pela sua coloração, que assim como seu próprio nome diz, é alaranjada mesmo. Mas não é só isso que causa o frisson, a sabor e a ampla harmonização também são pontos positivos que encantam quem tem a oportunidade de prová-lo.

A técnica de produção desse vinho é milenar, mas a retomada mais intensa de produção aconteceu na década de 90, quando dois vinicultores de Friuli, na Itália, perceberem que a casca grossa de uma uva local, não merecia ser descartada imediatamente e passaram a incorporá-la na fabricação do vinho laranja.

A produção do vinho laranja

A PRODUÇÃO DO VINHO LARANJA

A fabricação do vinho laranja é feita utilizando uvas brancas, porém com um método que se assemelha mais ao preparo dos vinhos tintos.

E, apesar dos dois serem feitos de uvas brancas, o que difere os vinhos laranjas dos vinhos brancos é o processo de deixar o sumo das uvas prensados junto com as suas cascas durante a maceração, como acontece na fabricação de vinhos tintos.

Essa técnica é responsável por liberar o tanino das cascas dando a cor alaranjada ao líquido, que pode ir dos tons de ouro a cobre, dependendo do tempo que as uvas permanecem em contato com a casca.

O estilo de fabricação é orgânico, ou seja, em sua maior parte, a produção dos vinhos laranjas segue regras mais naturais, que dispensam o uso excessivo de químicos nos vinhedos ou na fermentação. Apenas em alguns casos, o enxofre é utilizado para inibir a proliferação de leveduras selvagens, que estão presentes nas cascas das uvas.

Algumas produções também dispensam a etapa de filtrar o vinho, resultando um aspecto turvo ao líquido. Diversos tipos de uvas podem ser usados para fabricar o vinho laranja, mas as mais utilizadas são a Trebbiano e a Ribolla Gialla.

Características do vinho

CARACTERÍSTICAS DO VINHOAlém da cor, outro grande diferencial do vinho laranja é a presença de tanino no sabor, o que não é uma característica comum nos vinhos brancos, também feitos de uvas brancas. Como consequência dos taninos variados e das diferentes intensidades, alguns deles lembram o sabor dos vinhos tintos delicados.

Por transitarem entre o branco e o tinto, os vinhos laranjas são mais ricos em perfil aromático, com aroma de frutas secas, ervas e amêndoas e notas oxidativas ou terrosas com fundo mineral. É um vinho com mais corpo e estrutura que alcança uma harmonização bem ampla, sendo considerado um vinho curinga.

Vinhos laranjas harmonizam com qualquer tipo de carne vermelha, inclusive as de caça, frutos do mar e comidas muito temperadas, como as asiáticas e brasileiras.

Produção dos vinhos laranjas

PRODUÇÃO DOS VINHOS LARANJASA Itália é a maior produtora de vinho laranja, mas o Chile, os Estados Unidos, a Eslovênia, a Croácia e a Nova Zelândia também têm revelado potencial para a produção desse tipo de vinho.

Devido à forma de produção bem diferenciada e a pequena escala em que é produzido, os valores vão do médio ao caro.

  • Ribolla Anfora IGT 2005 Gravner (Itália)
  • Martino Muscat Viejas Tinajas 2013 (Chile)
  • Dettori Bianco 2011 (Itália)
  • Zidarich Vitovska 2010 (Itália)
  • Damijan Podversic Nekaj 2010 (Itália)

Produção dos vinhos laranjas no Brasil

Sim, existe produção de vinho laranja no Brasil, embora seja um mercado bem restrito, no sul do País.

São dois rótulos brasileiros elogiados: o Era dos Ventos Peverella, produzido na Serra Gaúcha e o Riesling, da Dominio Vicari, em Santa Catarina.

Você já conhecia os vinhos laranjas? O que achou deles? Se gostou do texto, não se esqueça de compartilhá-lo nas suas redes sociais. 

Clube dos Amigos

Categorias: Vinhos, Curiosidades

Escrito por Bruno Hermenegildo

Bruno Hermenegildo é Sommelier International, formado pela FISAR (Federazione Italiana de Sommeliers), outorgado com o grau de Wine Master nas regiões do Piemonte e Toscana (Itália), graduado como Advanced pela Wine&Spirits (Londres) e também graduado em Gastronomia. Bruno é membro da Confraria dos Sommeliers de São Paulo, a mais concorrida confraria profissional do Brasil.


Tabela Comparativa de Adegas Art des Caves

Últimas notícias

Adega Climatizada Petit 14

Receba nossas notícias!