<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=184990051839905&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Top of Mind no Brasil em Adegas e Climatização

Como são produzidos o vinho e a cerveja

Publicado por Rafaela Vidigal em 19/jan/2017 14:24:19

Como são produzidos o vinho e a cerveja

O vinho e a cerveja possuem muitos fãs, disso ninguém aqui duvida, mas pouca gente entende como essas bebidas são fabricadas.

Seja no final de semana ou num Happy Hour após o trabalho, o vinho ou a cerveja não podem faltar nestes momentos. Essas bebidas tão apreciadas todos os dias possuem similaridades e também diferenças na produção de cada um.

 Apesar de serem bebidas distintas tanto o vinho, quanto a cerveja passam pelo processo de fermentação no período de fabricação. Vale ressaltar que cada estilo de uva e/ou de cerveja possui um formato de produção, ou seja, tudo vai depender da receita que será feita.

Vinho

VINHO

De acordo com as pesquisas, estima-se que a primeira produção de vinho aconteceu entre 6.000 e 5.000 a. C, na Geórgia Irã e China.

Para escolher as leveduras que são utilizadas é necessário definir com qual uva será produzido o vinho e qual o estilo. Entre os fungos mais empregados está Saccharomyces cerevisiae. Neste caso, para cada ml do suco, utiliza-se uma população de cerca de 1 milhão de células destes fungos.

Durante o processo de fermentação, as leveduras consomem a sacarose, glicose e frutose, os chamados açúcares presentes na uva. Controlar a temperatura durante a fermentação alcoólica é fundamental para facilitar o crescimento dos micro-organismos que são responsáveis por extrair os componentes que formam o vinho, como o sabor, a cor, o aroma e a textura.

Cerveja

CERVEJA

Nascida na antiga Mesopotâmia, na Suméria, atual Iraque, a cerveja tornou-se uma bebida popular, sem sombra de dúvidas, mas pouca gente sabe como é o processo de produção da paixão nacional brasileira. Apesar de também ser uma bebida fermentada, a cerveja depende de mais insumos que o vinho. Os ingredientes básicos para produzir uma cerveja são: malte de cevada, levedura, água e lúpulo. Contudo, conciliar estes elementos parece, mas não é tarefa fácil.

Cada estilo de cerveja requer um tipo específico de cada insumo, são muitos fatores que devem ser combinados e bem produzidos. Saber utilizar cada um deles juntos é o segredo para o sucesso de uma cerveja.

Como no vinho, as leveduras consomem os açúcares dos cereais e produzem álcool dióxido de carbono (CO2) e também alguns ésteres, ácidos e alcoóis superiores que irão transmitir propriedades relacionadas ao sabor da cerveja. Geralmente, os micro-organismos utilizados são Saccharomyces cerevisiae e Saccharomyces uvarum, na produção das cervejas dos estilos Pilsen e Lager, que requerem uma fermentação baixa. No caso de cervejas com o estilo Ale, como India Pale Ale (IPA) ou American Pale Ale (APA), são utilizadas outros tipos de leveduras, porque esses rótulos passam por uma fermentação alta.

Vale lembrar que quando falamos de cerveja, a criatividade faz parte do processo, já além dos ingredientes básicos a cerveja pode levar manga, cacau e até mesmo café!

E o engraçado da história da cerveja é que ela surgiu por um acaso, enquanto era fermentado uma massa de cereais para fazer pão. Viva o pão líquido.

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber

Categorias: Vinhos

Escrito por Rafaela Vidigal

Rafaela Vidigal, formada em administração, integra há 9 anos a equipe da Art des Caves. Atualmente vem descobrindo os encantos do marketing. Adora cantar no carro ­(mesmo cantando muito mal), ama comer, beber bons vinhos e dar boas risadas. Acredita que toda garrafa vazia está cheia de boas histórias!


Tabela Comparativa de Adegas Art des Caves

Últimas notícias

Comprar Adega de Vinho: tudo o que você precisa saber

Receba nossas notícias!